O francês Pierre Lurton (foto) tem como atividade primordial comandar os célebres e luxuosos châteaux d’Yquem e Cheval Blanc. Mas a primeira e a última hora do seu dia são dedicadas ao que ele chama de seu “jardim secreto”, o Château Marjosse, seu projeto – e endereço – pessoal em Entre-Deux-Mers, Bordeaux. “Eu comando as duas grandes empresas como CEO, e dou a elas toda a minha atenção. Mas, em Marjosse, eu posso por a mão no vinho”, afirma. Segundo ele, o malabarismo é possível pela proximidade das vinícolas. “Tomo café em uma, almoço em outra e janto na terceira. É um trabalho bastante calórico.”

Na próxima quarta-feira (10/05), a contagem de calorias deve aumentar: Lurton estará em São Paulo para apresentar seus vinhos autorais em um jantar harmonizado no Picchi (Rua Oscar Freire, 533, Jardins). Acostumado a comandar esse tipo de evento com os rótulos das casas que dirige, sente a euforia da estreia: é a primeira vez que apresenta seus vinhos.

Serão servidos o Marjosse Blanc 2016, feito a partir de Sauvignon Blanc, Sémillon, Sauvignon Gris e Muscadelle, que chega em junho ao Brasil; e os tintos Château Marjosse 2010 e 2015 (ambos R$ 165 na World Wine), cortes de Merlot, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Malbec. Uma curiosidade é que a sub-região de Entre-Deux-Mers cultiva essencialmente uvas brancas e, por esse motivo, Lurton utiliza a Appelation Bordeaux Controlée para os tintos.

Segundo ele, a casa anda cheia de novidades, incluindo a plantação de Chardonnay, cepa alienígena na região (típica da Borgonha), mas que o tem deixado muito animado.

Serviço: Reservas pelo tel. (11) 3065-5560 ou picchiristorante@gmail.com

original em: http://paladar.estadao.com.br/noticias/bebida,em-jantar-ceo-do-chateau-cheval-blanc-apresenta-os-vinhos-de-seu-projeto-pessoal,70001762281

Anúncios