O encontro de um bom vinho com comida é gratificante e sempre desejado. Pode-se degustar um bom vinho sem que ele esteja harmonizado com o prato, sendo o contrário também verdade, mas quando essa combinação tem sucesso, a experiência torna-se um evento especial.

Existem no mundo combinações clássicas de comida e vinho, e outras nem tão clássicas mas historicamente consagradas seja pelo regionalismo ou cultura, e nesse ponto em particular, a enogastronomia tem quebrado muitos paradigmas.

A diversidade de estilos e sabores dos vinhos portugueses promovem uma infinidade de harmonizações gastronômicas que não se encontram em nenhuma outra parte do mundo.

Portugal é uma experiência única nesse ponto pois possibilita tanto harmonizações culturais como regionais, proporcionando uma infinidade de paridades entre pratos e vinhos a serem descobertas e experienciadas. E não se pode deixar de salientar a infinidade de uvas autóctones, exclusivas de Portugal, e que somente um povo que as conhecem profundamente, podem criar os mais variados e exclusivos vinhos, ainda a serem conhecidos pelos grandes chefes do mundo, e claro, por você

Níveis de acidez, envelhecimento em tonéis de carvalho ou não, taninos, frutescência, suavidade ou intensidade; os vinhos portugueses respeitam a gastronomia clássica  e ao mesmo tempo desafiam novas harmonizações.

Veja a seguir uma lista de vinhos e pratos escolhidos levando-se em consideração a enogastronomia portuguesa.

Carnes vermelhas e caça – Os vinhos tintos com muitos taninos são difíceis de combinar com a comida. Os vinhos mais taninosos em Portugal são os tintos clássicos da Bairrada e do Douro, que combinam bem com caça, miudezas, estufados de carne e outras carnes ricas em molhos.

Queijo – Os queijos têm muitas formas; os seus sabores variam muito. Muitos queijos distintos não combinam com determinados vinhos. Mas algumas combinações de vinho e queijo são divinais. E os melhores vinhos para queijos tanto podem ser brancos ou tintos, secos ou doces, Porto ou Madeira.

Frutos do Mar e Temperos Asiáticos – Os vinhos brancos secos e aromáticos são um bom acompanhante para marisco e comida asiática ligeiramente condimentada. Procure vinhos com a casta aromática Fernão Pires; esta prevalece na área Vinho Regional Lisboa, também conhecida por Bairrada.

original: http://www.winesofportugal.com/

Anúncios