wine_lataUm lançamento nos EUA está sendo amplamente ridicularizado nas redes sociais.

É o vinho “Mancan”, um vinho que vem em latas – em vez das tradicionais garrafas.

O nome mistura “man” (homem) com “can” (lata).

A ideia é justamente essa: uma “bebida para homens”. Pela lógica da marca, homem “de verdade” só bebe em latas.

Sim, o branding da marca é totalmente machista: beber vinho e apreciá-lo em taças é “afeminado”. Logo, a única maneira de bebê-lo com dignidade é em uma lata bem máscula (como se fosse uma cerveja).

Feito de uvas da Califórnia, o lançamento existe nas versões vinho tinto, vinho branco e champagne. O pack com 24 latas está saindo por 77 dólares.

A embalagem traz uma descrição que reforça a visão da marca. No texto, ela diz que “vinho é para beber, não para apreciação” e que as “notas” do vinho são “mais para rock que para clássica”.

Depois de mandar “Faça-nos um favor e não fale do ‘aroma'”, a marca finaliza com “Cale a boca e beba!”.

A reação nas redes sociais, como não devia deixar de ser, foi instantânea.

Críticas a parte, é mais uma forma curiosa para apreciar a “bebida dos deuses”.

Como a lata não faz “tim-tim”, faz “teque-teque”, saúde!

Fonte: Por Guilherme Dearo, de EXAME.com (com adaptações)
Anúncios