uva-sao-franciscoAcostumados a ouvirmos sobre vinhos quase que somente do exterior e da região sul do Brasil, o Blog traz neste post, uma região promissora no nordeste brasileiro que se destaca como uma das maiores vinícolas do Brasil.

Situado entre Pernambuco e Bahia, numa latitude até então impensável para o mundo do vinho o Vale do São Francisco caminha para ser um dos importantes produtores vitivinícolas do país e desperta a curiosidade mundial.

Responsável por 99% da uva de mesa exportada pelo Brasil e pela produção de 5 milhões de litros de vinho por ano, o vale vem se destacando como modelo de desenvolvimento para o Nordeste.

A ilustração abaixo mostra o mapa vinícola do Vale do São Francisco.

mapa-vinho-nordeste

A vinicultura pernambucana/baiana já detém 15% do mercado nacional e emprega diretamente 30 mil pessoas na única região do mundo que produz duas safras e meia por ano. Atualmente a região produz 8 variedades de uvas entre tintas e brancas, em uma área de aproximadamente 7.500 hectares.

Produção-sao-francisco

O município pernambucano de Lagoa Grande já ostenta uma história promissora. A localidade, que em 1997 deixou de ser distrito de Santa Maria da Boa Vista para ser elevada à categoria de cidade, hoje é um dos destaques do Pólo Vitivinícola de Pernambuco. O município possui uma produção anual de 20,5 milhões de kg de uvas e de sete milhões de litros de vinho, exportando parte deste volume para outros países e diversos estados brasileiros.

Em Lagoa Grande, conhecida em todo o Brasil como a capital da uva e do vinho do Nordeste, existem cerca de dez vinícolas, responsáveis pela geração de 10,5 mil empregos.

Aos apreciadores da “bebida dos deuses”, vale a pena visitar também as vinícolas nordestinas!

Anúncios