pinotage_uvaConsiderada a assinatura dos vinhos sul-africanos, a uva Pinotage foi desenvolvida em 1925 por Abraham Izak Perold, professor de viticultura da Universidade de Stellenbosch. Especialista em variedades viníferas, Perold cruzou a Pinot Noir, uma das mais clássicas variedades francesas, com a Cinsault, também conhecida como Hermitage, uma casta resistente e também de origem francesa, que se adaptou muito bem ao terroir local.

Atualmente com um dia oficial no calendário do mundo do vinho e uma associação exclusiva, a Pinotage é uma das uvas mais cultivadas na África do Sul. Com uma casca escura, rica em taninos e pigmentação, essa variedade conta com certa versatilidade, pois pode originar rótulos com diferentes estilos, desde os mais fáceis de beber até os mais complexos, varietais ou assemblages. Essas características dependem do objetivo que o enólogo e o produtor querem expressar.

Como sugestão, indicamos três exemplares sul-africanos tintos com a uva Pinotage.

  1. Neethlingshof Pinotage
  2. Fleur Du Cap Pinotage
  3. Natana Cuvée Rouge

Fonte: wine.com (com adaptações)
Anúncios