curiosidade_vinhosUm dos objetivos do Blog é trazer novidades para os internautas e seus seguidores. Com essa visão, o Blog mantém um estreito relacionamento com seus seguidores. E atendendo a inúmeros pedidos sobre curiosidades dos vinhos, é que após pesquisas elencamos a seguir 24 curiosidades sobre a bebida dos deuses.

1- Os seres humanos conhecem a uva desde tempos imemoriais. Acredita-se que o consumo da fruta e de seu suco fermentado sejam mais antigos do que se imagina.

2- São necessárias 300 uvas para produzir 750 ml de vinho.

3- As mais antigas sementes de uvas cultivadas foram encontrado na Geórgia – região do Cáucaso, Ásia – e datam de 7.000 antes de Cristo.

4- No antigo Egito, o consumo de vinho era restrito aos nobres e sacerdotes. Os egípcios também tinham o hábito de utilizar a bebida em rituais de oferendas aos mortos e aos deuses.

5- A mais antiga evidência química do vinho foi encontrada num aparelho para a fabricação do produto e num vaso de 3.500 a.C., na região de Godin Tepe, atual Irã.

6- Qual a diferença entre o frisante e o espumante? O frisante é um vinho comum que, após o termino da fermentação, recebe a adição de gás. O espumante recebe uma adição maior de gás, o que faz com forme a espuma quando aberto.

7- O vinho é citado em inúmeras passagens da Bíblia. Uma delas conta que Noé cultivava vinhas e, certa vez, bebeu vinho além da conta, embriagando-se. Sob efeito da bebida, Noé apareceu nu em sua tenda e, nas palavras da própria Bíblia, “tomaram Sem e Jafé uma capa, e puseram-na sobre ambos os seus ombros, e… cobriram a nudez do seu pai” (Gênesis 9:23).

8- Existem dois episódios marcantes sobre o consumo de vinho no Novo Testamento. O primeiro foi quando o próprio Jesus transformou água em vinho. O segundo, foi quando Jesus, dirigindo-se a seus discípulos na chamada Última Ceia cita o pão como seu corpo e o vinho como seu sangue. Teria dito o chamado Filho de Deus: “Este é o meu sangue, que é derramado por vós”. Mais tarde, criou-se uma lenda (o Santo Graal) em torno da taça na qual Jesus teria tomado o vinho.

9- Na mitologia romana, Baco (Dioníso, para os romanos) era o deus do vinho. As festas em sua homenagem eram chamadas de bacanais – palavra que, no sentido moderno, é entendida como orgias.

10- O vinagre de vinho é o tipo mais comum de vinagre. É elaborado a partir do vinho branco ou tinto e possui um alto teor de acidez. É normalmente usado como tempero de salada.

11- Existem milhares de variedades de uva viníferas, mas apenas 50 são utilizadas na produção de vinhos.

12- O vinho, assim como as outras bebidas alcoólicas, é proibido pelo islã. Alguns países muçulmanos chegaram a possuir vinícolas durante a dominação europeia, que acabaram desaparecendo com o tempo. No Irã dos aiatolás, a última vinícola foi fechada depois da Revolução Islâmica de 1979.

13- Os especialistas em vinhos são chamados de connaisseurs, palavra de origem francesa que significa “conhecedores”.

14- Viticultores são os especialistas no cultivo da uva e vinicultores, os proprietários das videiras. Mais do que connaisseurs, os entendidos de vinho são chamados de enólogos.

15- Por falar em enólogos, você sabia que em países como Itália e França existem cursos de nível superior voltados para a enologia?

16- O maior produtor mundial de vinhos é a França, com uma produção estimada de 46,2 milhões de hectolitros (cada hectolitro equivale a 100 litros de vinho). Detalhe: por vezes, a Itália costuma ultrapassar a França como maior produtora.

17- O maior produtor de vinho do Brasil é o estado do Rio Grande do Sul. A Serra Gaúcha responde por cerca de 90% da produção brasileira.

18- Os maiores consumidores do mundo são os chineses. Só no ano de 2014, eles consumiram o equivalente a 2 bilhões de garrafas.

19- O vinho mais caro do mundo é o francês Romanée-Comti. É difícil de acreditar, mas uma única garrafa pode custar o equivalente a R$ 45 mil.

20- Mosteiros de várias ordens religiosas da Idade Média eram cercados de videiras. Os monges costumavam produzir e consumir o próprio vinho – talvez por que fosse mais seguro do que a água de péssima qualidade que se bebia na época. Aliás, durante a Idade Média, o vinho era usado como analgésico e antisséptico.

21- Os vinhos doces adquirem o sabor adocicado por processos naturais, sem nenhuma adição de açúcar.

22- Champanhe é o vinho branco espumante originário da região de Champagne, na França. Apenas os vinhos dessa região podem ser chamados de champanhe.

23- O prosseco é o vinho originário da região do Vêneto, na Itália. Prosseco também é o nome da uva da qual o vinho é produzido.

24- Segundo alguns especialistas, existe diferença entre amadurecer e envelhecer um vinho. Um vinho amadurece quando é armazenado em barris de carvalho antes de ser engarrafado; e envelhece quando quando já está na garrafa.

Fonte: Wikipédia, Adega, Mais Curiosidade
Anúncios