treino

Certos iniciantes comentem alguns erros na hora de treinar na academia. Por não ter tanta experiência, eles podem ficar vários dias longe dos equipamentos e quando voltam cometem o equívoco de fazer todos os exercícios em um dia só. Ou, pior, caem na tentação de copiar o treino de algum amigo, com a finalidade de obter os mesmos resultados. Isso é um engano.

Ficar longe da academia e querer voltar aos treinos na mesma intensidade, pode ser totalmente prejudicial. Os músculos, tendões, ligamentos e ossos são tecidos que se adaptam ao dia a dia do esportista. Ou seja, uma pessoa que fica um tempo afastada da academia perde rendimento, pois seus tecidos foram se adaptando àquela realidade sem atividade física. A dica é voltar aos poucos. Estudos demonstram que os músculos tem memória. Mesmo para aquela pessoa que ficou anos sem treinar, voltando aos poucos, o ganho será maior do que quem nunca fez musculação, por exemplo.

Não copie seu amigo

Seguir as orientações do seu treinador é a melhor forma de conseguir um bom resultado. Afinal, ele está por dentro das suas avaliações físicas, porcentagem de gordura corporal, altura, condicionamento cardiorrespiratório, preferências individuais, histórico familiar, alimentação, horas de sono, coordenação motora, consciência corporal, tempo disponível e (até!) do seu histórico de lesão.

Ao copiar o treino de um colega, a pessoa está sabotando seu próprio desenvolvimento na academia. Ou seja, um indivíduo que copia os mesmos exercícios, na mesma intensidade e volume, pode tanto estar exigindo demais do próprio corpo e sofrer desde um overtraining até uma lesão.

Importância de seguir seu treino

Fazer o seu treino é fundamental para que o rendimento seja melhor aproveitado. A academia é a base dos treinamentos. Nela, você pode isolar um grupo muscular e trabalhá-lo tendo em vista a melhora da performance. É importante que você tenha um treino personalizado e que garanta tanto uma melhora no rendimento, quanto na qualidade de vida.

Durante a semana de treinamento, o ideal é que o corredor divida os treinos, usando a academia pelo o menos duas vezes por semana. Dessa forma, pode conseguir o equilíbrio muscular necessário para desempenhar uma melhor performance durante seus treinos e provas.

Fonte: Victor Acioli, bacharelado em Educação Física pela Universidade Cidade de São Paulo
Anúncios