São muitas as variedades de taças, mas mostraremos os 4 estilos básicos e porque cada um deles pode fazer a sua experiência ao tomar a bebida ainda melhor.

Não esqueça! A taça deve ser transparente.

Vinho Tinto

O vinho precisa de espaço dentro da taça para maior percepção de suas qualidades. Por isso, as taças de vinho tinto são mais altas e mais bojudas. A base e a haste são partes importantes para que você possa segurar seu copo por elas, assim a bebida não esquenta ao contato da sua mão com o bojo da taça. Quando for servir o vinho, cuidado para não servir muito porque, o vinho precisa de espaço para aerar(*) e se abrir.

 Vinho Rose

As taças para vinhos rose ou doces precisam ser mais baixas que as de vinho branco e com bojo menor pois além da quantidade de vinho tomada aqui ser menor, a taça precisa conduzir a bebida para o local correto da língua onde se sente o açúcar, ou seja, a ponta da língua.

Vinho Branco

A taça de vinho branco é menor, pois vinhos brancos devem ser servidos em uma quantidade pequena e em uma temperatura mais baixa que os tintos, por isso a taça aqui precisa ser menor, pois assim haverá pouca influência de calor externo na bebida.

Espumante

A melhor taça para os espumantes e frisantes é a flauta. Ela mantém as borbulhas da bebida por um maior tempo e direciona os aromas diretamente para o nariz.

* aerar = exposição controlada do vinho ao oxigênio para que libere seus aromas. Não confunda com decantar.

Anúncios